logo
65 3251-1955 / 65 3251-2110

Secretaria Municipal de Agricultura acompanha realização de Chamada Pública da Merenda de Escolas Estaduais de São José dos Quatro Marcos


Por Secretaria de Agricultura

46 Acessos

Secretaria Municipal de Agricultura acompanha realização de Chamada Pública da Merenda de Escolas Estaduais de São José dos Quatro Marcos

A Prefeitura Municipal de São José dos Quatro Marcos, através da Secretaria Municipal de Fomento, Agropecuária, Indústria e Comércio (SEFAICO) do município de São José dos Quatro Marcos, acompanhou a realização da Chamada Pública nº 13/2023 da Merenda Escolar para unidades Escolares Estaduais localizadas no município de São José dos Quatro Marcos.

A sessão de classificação e julgamento da Chamada ocorreu no dia 11 de janeiro de 2023, na Escola Estadual Miguel Barbosa; o certame foi coordenado pela equipe, pela presidente da Comissão da Chamada Pública Janaina Rodrigues de Lara, da DRE do Polo de Cáceres, que contou também com a presença de diretores de escolas estaduais do município, dos Secretário Municipal de Agricultura, Vagner Meira Teixeira, além de dezenas de agricultores familiares e organizações rurais participantes.

A Chamada Pública nº 13/2023, foi lançada no dia 14 de Dezembro de 2022, pela Secretaria de Estado de Educação (SEDUC/MT), através da Câmara de Negócios do Polo de Cáceres- MT. A chamada visa a Aquisição de Gêneros Alimentícios da Agricultura Familiar e Empreendedor Familiar rural e de suas organizações, para atendimento dos alunos matriculados na Escola Estadual Bento Alexandre dos Santos, Deputado Bertoldo Freire, Santa Rosa; Lourenço Peruchi, Maria Eduarda Pereira Soldera, 15 de Junho e Miguel Barbosa.

Segundo Vagner Meira, a comercialização de alimentos da Agricultura Familiar junto a Merenda Escola é uma importante alternativa de geração e aumento renda dos agricultores familiares do município. As propostas de venda dos produtores podem chegar a um valor de até R$ 40.000,00, DAP Física por ano. 

A SEFAICO atua na divulgação e na elaboração dos projetos de venda para agricultores e suas organizações para as chamadas públicas da merenda escolar estadual e municipal do município e outros da região. Também é ofertado serviços de assistência técnica, análise de solo, calcário e mudas/sementes gratuitas, com recursos próprios ou através de parcerias, com o SENAR/MT e SEAF/MT. 

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), tornou obrigatória através da Lei 11.947/2009, a compra de mínimo de 30% dos seus recursos destinado a merenda escolar, de gêneros alimentícios oriundos da Agricultura Familiar.