logo
65 3251-1955 / 65 3251-2110

Prefeitura de Quatro Marcos abre consulta pública para aplicação da Lei Paulo Gustavo


Por Admin

310 Acessos

Prefeitura de Quatro Marcos abre consulta pública para aplicação da Lei Paulo Gustavo

Produtores culturais, sociedade civil e demais integrantes da Classe Artística de São José dos Quatro Marcos devem ficar atentos. A Prefeitura disponibiliza a partir deste sábado (21), uma consulta pública para a aplicação da Lei Paulo Gustavo no município. O objetivo é coletar as propostas de como os mecanismos de financiamento devem ser estruturados, bem como as divisões de categorias, valores e demais itens importantes para a formulação do edital.

Os interessados em participar da consulta pública, podem acessá-la até o dia 20 de fevereiro de 2023 no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfy1b_WDRe0aZw1h-JUJyNPelCZh6k_zgqjTMKkKczy5fVTOA/viewform

Após a consulta pública as propostas coletadas estarão disponíveis para sistematização pela equipe do Departamento de Cultura e Turismo e Conselho Municipal de Políticas Culturais. Posteriormente, deverá ocorrer uma Audiência Pública para a finalização de pactuação de mecanismos.

Para garantir que a coleta seja efetiva o Departamento de Cultura e Turismo desenvolveu um formulário de acordo com o que preconiza a Lei Paulo Gustavo e que pode ser acessada pelo link https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/Lcp195.htm.

A PESQUISA ESTÁ DIVIDIDA EM QUATRO SEÇÕES:

Modalidade I – Produção/Desenvolvimento Audiovisual (Art. 6º Inciso I);

Modalidade II – Apoio a sala de cinemas itinerantes e de rua (Art. 6º Inciso II);

Modalidade III – Formação/Difusão/Pesquisa, Memória Audiovisual e apoio a cineclubes e a festivais e mostras (Art. 6º Inciso III);

Modalidade IV – Apoio às demais áreas da cultura que não o audiovisual (Art. 8º Inciso I);

O prefeito municipal Jamis Silva Bolandin destaca que, “enquanto os profissionais da área aguardam a regulamentação, em âmbito federal, o Município está focado em implantar as novas ações de elaboração e estruturação das demandas culturais com a pesquisa”.

A Lei Paulo Gustavo dispõe sobre ações emergenciais para a cultura a serem adotadas em decorrência dos efeitos econômicos e sociais da pandemia da Covid-19. As ações executadas por meio da regulamentação serão realizadas em consonância com o Sistema Nacional de Cultura, organizado em regime de colaboração, de forma descentralizada e participativa, conforme disposto no art. 216-A da Constituição Federal, notadamente em relação à Pactuação entre os entes da Federação e a sociedade civil no processo de gestão dos recursos oriundos desta Lei Complementar.