logo
65 3251-1955 / 65 3251-2110

ALERTA do Ministério da Agricultura declara Emergência ZOOSSANITÁRIA devido á INFLUENZA AVIÁRIA no Brasil


Por Rony Marcos

229 Acessos

ALERTA do Ministério da Agricultura declara Emergência ZOOSSANITÁRIA devido á INFLUENZA AVIÁRIA no Brasil

PREFEITURA MINICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS, Junto a Secretaria Municipal de Saúde , no setor da Vigilância Sanitária  faz um alerta a toda população de São José dos Quatro Marcos sobre a Gripe Aviária (H5N1), apesar de não ter identificado, até o momento, nenhum caso suspeito da doença no município. A medida é necessária após o Ministério da Agricultura e Pecuária declarar estado de emergência zoossanitária em todo o território nacional, por 180 dias, em função da detecção da infecção pelo vírus da influenza aviária H5N1 de alta patogenicidade (IAAP) em aves silvestres no Brasil. 
É importante destacar que a Vigilância em Saúde quatromarquense está em constante monitoramento. No caso de qualquer cidadão, criador ou profissional da área da saúde animal encontrar aves silvestres ou domésticas com comportamento inabitual, ou aves que já tenha entrado em óbito o ocorrido deve ser comunicado imediatamente à unidade Local do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso - INDEA-MT.  
A transmissão pelo vírus da Influenza da Família Orthomyxoviridae foi identificada pela primeira vez na China, em 1996. O estado de emergência zoossanitária é declarado sempre que há um risco de uma doença se propagar rapidamente entre os animais. 
Segundo o Ministério da Saúde, não há registros de contaminação de gripe aviária a partir do consumo de frango ou ovo, ou por manipulação da carne de um animal infectado. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reforça que “é incomum” a transmissão da doença de humano para humano, mas as ações de prevenção são importantes, pois a circulação contínua tem o potencial de gerar mutações no vírus, tornando-o mais contagioso. 
A Secretaria de Saúde ressalta que a qualquer momento as orientações podem ser modificadas de acordo com instruções estaduais e ministeriais, a depender do cenário epidemiológico. 
 

Ver resultado

Qual o seu nível de satisfação com essa página?